Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossas magoas


    Mulher perdoe-me...
    Por interromper seu pranto.
    Perdoe minha indiscrição...
    Mas preciso lhe falar.
    Perdoe-m...
    Por intrometer-me em sua vida.
    Mesmo sabendo...
    Que sozinha, tu queres ficar.
   
    Este teu pranto...
    Calou fundo, em minha alma.
    Trazendo a mim...
    Tristes lembranças e todo um passado.
    De dor, solidão e silencio...
    Como você, um dia eu chorei.
    Porque descobri...
    O que era ser, cruelmente enganado.
   
    sei que é difícil...
    Mas enxugue seu pranto, procure esquecer.
    Erga teu rosto...
    Olhe para frente, não deixe a dor te consumir.
    Enxugue teu pranto...
    E venha comigo, esqueçamos as tristezas.
    As nossas mágoas...
    E uma nova vida, juntos vamos viver.

                 Volnei Rua Braga


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 01/09/2005
Código do texto: T46677
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:47)
Volnei Rijo Braga