Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUAS MORDAÇAS



Do que te adiantam tantas mordaças
Se elas são superficiais
Não sabes sequer o que significa
A dor de tê-las conhecido.

A se soubesses como é duro
Tê-la sempre dentro de ti...
A pior de todas
É a que não se pode expressar
A que te impede de seguir.

A pior parte dela
É ter que carregá-la
Sem saber até que ponto
Se irá suportar.

O que te adianta
Esta maldita mordaça...
Se não paras um segundo sequer
Para estender tuas mãos
Ou mover teus lábios
Para dizer uma palavra de compreensão
De amor.

Sim a pior mordaça
Não é a que tu usas e sim a que tu és.
A que te transforma em um ser
Desumano e cruel.

A mim só resta conviver
E viver amordaçada a ti dia após dia
Tentando te mostrar um caminho
Sem mordaças superficiais.
Mesmo que te pareçam banais.

18-02-2005
SINOP -MT
Fafá Lima
Enviado por Fafá Lima em 18/02/2005
Reeditado em 19/02/2005
Código do texto: T4678
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fafá Lima
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 51 anos
207 textos (24073 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 21:14)
Fafá Lima