Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0062 - Sedução



 

Estou entorpecido, tua paixão me fez acordar,
de ti vieram os braços, o carinho, a segurança,
experimentei a boca, o gosto do beijo,
a língua fez arrepiar, o sim vem com direito a amar.

 

Quero teu sussurrar entre nossos lençóis,
as bocas mordiscando lugares inimagináveis,
deslizar as mãos, despindo tua pele de seda,
até me enfiar dentro de tuas fendas.

 

Quando os gostos se misturam vem o prazer,
vão-se os medos em meio a braços e pernas,
os corpos deslizam-se um sobre o outro,
o amor fica entre peles molhadas de paixão.

 

Sinto tua mão quase invisível debaixo da camisa,
teu cheiro provoca, invadindo meus sentidos,
o detalhe da loucura aparece sob minha calça,
não me contenho até seduzir e invadir teu sexo.

 

27/11/2004

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/02/2005
Código do texto: T4680
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116052 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 11:00)
Caio Lucas