Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teus Poemas

Quero teus poemas,
não poemas vazios de letras jogadas sem sentidos,
quero os poemas de amor, poemas de fogo com letras que me tirem a razão.
Quero sentir em tuas rimas, o arrepio quente que percorre meu corpo seduzido
em cada vírgula ou acento, incendiando-me nesse crescente tesão.
 

Quero teus poemas,
escritos e formatados só para mim, com gosto e cheiro de pecado,
mas ajoelho-me contrita diante de ti, meu santo de devoção, peço remissão
sentenciando-me a te amar sem medidas, nesse amor afogueado
entregando-me aos seus versos, em total adoração.
 

Quero teus poemas,
não lidos ou declamados, escritos ou falados,
os quero como sonho personificado, atendendo aos meus chamados, minhas fissuras,
marcando-me com seu rastro de forma intensa, onde o amor encontra total espaço.
Escreva portando em mim seus versos de amor, tirando-me do chão e levando-me a loucura.
 

Quero teus poemas, e neles, você!
Aisha
Enviado por Aisha em 02/09/2005
Código do texto: T46928
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:46)
Aisha