Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Querer

Quero sentir tua língua,

Enlaçada na minha.

Numa dança tão louca,

No céu da minha boca.

Descobrindo, meus cantos e recantos.

Sentir tua saliva, teu hálito,

Teu gosto...

Quero roçar no teu corpo,

Qual gata manhosa,

Buscando carinho.

Ronronando baixinho,

Quero você em mim!

Sou sua fêmea no cio,

Buscando prazer,

Que encontro em teus braços

Quando olho você...

Vislumbro o depois!

Roupas no chão,

Meu seio em tua mão...

Há, tua mão.

Dona de tudo, procura no escuro,

Cada curva, com a certeza de quem conhece o caminho!

Cada passo estudado, na ânsia de seduzir,

Envolver, deleitar...

O desejo domina meu peito.

Fico à deriva, de um vendaval de loucos beijos,

Lascivos, apressados...

Me lanço ao prazer,

Como a felicidade das ondas nas rochas,

Fatal!

Mais minha dança perene.

Sou rio que corre,

Entra e sai de afluentes,

E sempre morre no mar...

No mar, do teu corpo.

Você é meu vício, meu verso.

Meu sonho é você...

Meu reveso do inverso,

Meu sonho concreto!

Aguardente que desce, queimando a garganta,

E no ventre ao chegar,

Deixa lânguido o meu pensar!

Me vejo, perdida no labirinto de tuas vontades.

Meu narciso, com vestes de deus do amor,

Morfeu dos meus sonos.

Meu eterno amor!

Tão frio, distante...

Mais meu baluarte, meu amante.

Me leva a bailar no espaço,

E me deixa solta no ar,

Sem asas para aterrizar.

Despenco como um Ícaro...

Mesmo assim te procuro,

Pois adoro tua língua enrroscada na minha!



Observadora
Enviado por Observadora em 02/09/2005
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T47056
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:46)
Observadora