Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vulto...

Quando minha pele arrepia.

Sinto a tua presença, antes de olhar.

Sei que estar por perto.

Teu cheiro fica no ar...

Passa por mim,

Fingi não ver.

Mais sei que você me quer!

Não dá para disfarçar,

Posso perceber o teu tremor.

Ele aquece minha vontade,

E minha boca resseca com sede de teus beijos!

Me enloquece o calor dos teus olhos,

Incinera minhas roupas,

Me déspi a vergonha.

Fico nua, perante minhas emoções.

Sei que é sentido não sentimento,

Pois me cega a razão...

Só a paixão faz isso,

É só desejo...

De explodir num beijo louco,

Esperado, acalentado mesmo.

Quando a minha pele arrepia,

Me vem sensações tão antigas,

Primitivas...

Não te conheço, não te amo,

Mais te vejo e te quero!


Observadora
Enviado por Observadora em 02/09/2005
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T47095
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:25)
Observadora