Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0085 - Quero



Quero a vida como meu sonho de ontem,
o caminho feito pelos meus sentimentos,
junto todos os gostares, todos prazeres,
preciso o infinito do amor, ainda que uno.

Quero meus sonhos contaminados de felicidade,
amor quente como sol, noites dentro d'outro corpo,
para que faça planos, milhões deles,
até que minhas fases façam inveja à lua.

Quero gritos de amor, de prazeres,
a alegria estampada na minha boca,
o beijo, todos com gosto de amanhã,
mais sonhos, mais cores em minha vida.

Quero meus desejos presos à alma,
as vontades explícitas na chegada,
o abraço encontrado nos muitos braços,
a quem possa amar, meu amor como amo.

11/12/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/02/2005
Código do texto: T4721
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:50)
Caio Lucas