Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0095 - Te amei, sim... te amo



Amanhã é tudo o que temos,
hoje talvez tenha percebido,
olhou minha alma,
viu que ainda estou aqui,
somos a chance do amor,
somos o carinho que esconde nos sonhos,
quando achar que sou a mentira, vem...
Não a perdi, não me perca para solidão.

Te amei...
Não precisaria ter confessado novamente,
meus olhos falam para os teus,
sabes que me tem,
quando adormecer, me sinta nos sonhos,
estarei ao teu redor, nos teus dias,
posso não ser o destino, mas sou o presente.

Agora deixe que tudo se misture,
o amanhã é um mistério,
pode também ser o começo de um sonho,
somos duas partes de uma realidade,
eu quero saber, me diz do teu amor,
voltarei depois,
não me espere diferente, serei o mesmo,
o que tem a paixão mais louca,
o que gosta do sabor da tua pele,
preciso, sou nada quando estou só.

Amo...
Todas as noites, todos os dias,
em cada pedaço da minha vida,
não sei o que vai responder,
os caminhos nos levam ao mesmo lugar,
deixe que teus olhos falem,
me abandone dentro do corpo,
depois, deixe que amo pelos dois.

Te amei, sim... te amo,
tenho tudo mais do que sonhei um dia,
outra vez estarei aqui à espera,
não tenho e não quero nenhum outro amor,
te amo, como minha derradeira paixão,
para que seja minha última mulher...

15/12/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/02/2005
Código do texto: T4732
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116056 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 10:55)
Caio Lucas