Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Presságio



No jogo da vida
O vai e vem de emoções
Por vezes esquecidas
Causa confusões

Na rotina a mesmice
Provoca alterações
Por conta de tantas crendices
Impede as soluções

E o aroma do cotidiano
Exala sempre paixão
Entre o amor e o profano
Vai surgindo a tentação

O tempo ludibriando
Seduz a eternidade
Constantemente adiando
Sua temporalidade

Até que um belo dia
Insinua-se o destino
Presença um tanto tardia
Em meio ao desatino

Há um estrondo perverso
Que envolve cada mortal
Pulverizando este verso
De forma um tanto brutal

Mas neste estranho cenário
Onde a noite se faz dia
Explode o imaginário
Espalhando melodia
Compondo o inventario
Legado pela poesia














Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas



Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 04/09/2005
Código do texto: T47455
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215197 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:20)
Priscila de Loureiro Coelho