Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU QUERIA SER UM POETA

De onde vem à poesia?
Vem do fundo da alma e da nascente do coração.
Como nasce a poesia?
A poesia nasce da sensibilidade de poetar;

Vem da fome; vem da seca do sertão.
Vem do fogo; Do além e do mar...
Vem do chão; Vem das estrelas; Da lua, da profusão.
Vem das cachoeiras, vem das chuvas, vem da escuridão.

Vem dos pomares, dos pássaros e das flores;
Vem como canção.
Em forma de grito, pedindo socorro, pedindo licença,
vem de quem estende as mãos...

Vem do olhar de uma criança;
Do arco-íris e do amor;
Vem do sonhador; Vem de Deus!
Nosso salvador!

Vem de tudo que é belo;
Vem do movimento da maré.
Vem da riqueza dos corações;
Vem da beleza da mulher!

Vem da beleza da mulher...
Eu queria ser um poeta...
Eu queria poder poetizar, sonhando e poetizando.
Um sonho de cada vez;

Desejando um mundo melhor; De um amor maior!
Um irmão de bondade; Um mar de caridade...
Desejo que não haja a maldade.
Mas de onde vem à poesia?

Vem do silêncio; Vem do momento.
Vem da solidão; Vem da tristeza do coração...
Entra pela porta da alegria e passa pelas veias do perdão.
Eu queria ser um poeta!

Escrito por Orlando Oliveira em 05 de abril de 2014.

05/04/2014 19:07 - Nina Costa
De onde vem a poesia? Da nascente cristalina na alma do poeta, em um pequeno filete de magia, que vai escorrendo de suas entranhas e se transforma em caudalosos versos... Assim é a poesia, assim é o poeta... Beijos! Nina Costa

05/04/2014 19:32 - Leti Ribeiro
Boa noite amigo Orlando... Querendo mais oquê mesmo? Mais poeta que és, só se for pra sobrar talento e verjos..rsr... Linda inspiração.. Abraços poéticos...


06/04/2014 18:36 - Marta Cavalcante Paes

ORLANDO amigo da poesia. Suas inspirações são as melhores poesias. No fundo este provavelmente é o desejo de todos os poetas. Tudo que você escreve é belo. Saiba que sou sua fã. A vida encanta os poetas, ser poeta é ter um olhar sensível, encantar-se com o canto dos pássaros, sentir o aroma das flores, o barulhos do mar torna-se melodia, a lua inspira, o por do sol sorrir. O coração do poeta transborda magia, alegria, vida em poesia. Abraços poético

Para o texto: EU QUERIA SER UM POETA (T4757655)
ORLANDO S OLIVEIRA
Enviado por ORLANDO S OLIVEIRA em 05/04/2014
Reeditado em 06/04/2014
Código do texto: T4757655
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra. Recanto da Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ORLANDO S OLIVEIRA
Aracaju - Sergipe - Brasil, 55 anos
823 textos (26741 leituras)
4 áudios (131 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:42)
ORLANDO S OLIVEIRA