Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contemporização




Cada vez que você acorda
No sonho logo me agito
E fico nele sonhando
Buscando sempre você

Cada movimento seu
Alcança minha pulsação
Sinto você sempre perto
E eu busco por você

Ali no vazio da noite
Onde a vida silencia
O vento me envolve em seu frio
Eu busco, afoita, você

Receio sua distância
Nem ouso nisso pensar
Meu sonho é doce esperança
Que busca você encontrar
 
Na dimensão do sono
Deixo-me entregue ao tempo
Que desatento me leva
De mansinho até você
 
Sobressalto e o nada
Cercam-me ao acordar
O sonho é mera cilada
Enganando eu e você
 
No vão da eternidade
Passamos sem perceber
Que a temporalidade
Separa eu de você!


Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 08/09/2005
Código do texto: T48589
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215245 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:50)
Priscila de Loureiro Coelho