Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS QUAISQUER

Não queria escrever esses versos
Mas há algo em mim que me impulsiona
Sei que nem sempre escreverei bem
Assim como nem sempre terei sucesso no que faço
Mas tentar nunca é demais
E é reconhecendo minhas fraquezas
E aceitando meu jeito de ser
Que vou ter forças pra não desistir
E nunca esquecer que o pior fracasso
É desistir de tentar e acreditar
Amanhã quem sabe escrevo um belo poema
Amanhã quem sabe terei sucesso nos meus intentos
Seus versos podem não ter rima
Mas não deixe que ele fique sem vida.

09/09/05
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 09/09/2005
Código do texto: T49003
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42672 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:27)
Miguel Rodrigues