Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BRUXO DERRAMA A VERVE

(para José Moreira da Silva, mestre e oráculo)

Canto 01

O bruxo derrama a verve de amor.
Sexo.Testosterona aos vinte anos.
Bebe-se água pura nos sapatos do tempo
e as donzelas soberanamente
ganham fôlego.
Todas noites de idas e vindas,
– que a semente era boa –
mascate de sonhos e de processos,
saem dele (e de mim ainda) as energias
que movem o mundo.

Palavra sabe dos sinos
e no bimbalhar destes o som é mouco,
pouco para a necessária energia.
O mestre doutrina seus amores.
Trôpego, mimoso, é o carinho nos braços.
Pernambucanos abraços.
Amores vagos, tão jocosos,
enquanto nesta quadra quase octogenária
a razão escancara seus oráculos.

Somos cinco aprendizes de mãos dadas.
A energia vem com um chapéu de sombras
e se esgota
no pentágono de pálpebras chorosas.
Angulares os amores,
perdas são clavas mestras.
Esvai-se o cálice para além de meus
temores. Brinda-se o poeta.

E me sinto pronto para abortar os medos.
São tímidos cansaços (os nossos)
nestas raízes do ópio dos dias.

Declaro-me impotente sob todos os dardos
e não renego o sussurro das lembranças.
O hálito das esquinas consome a minha insânia.

Canto 02

Viemos de longe em novo tempo,
como os pregadores do Evangelho.
Sobre terras e mares debruça-se a oração.
Há um gozo que me colhe nos jardins,
rara consciência dos sossegos.

Águas turvas de amor e ódio,
o foco resiste denodadamente.
Ainda há luz sobre trevas,
e o olho energético pisca suas pálpebras.

Na mesa pentagonal de luzes,
o fio de prata costura a boca,
nos ritos de morte e vida.

Ainda há sonhos
e a mesma luz tropeça entre frestas
e aleluias.

Há espíritos dispersos
bebendo água nas cascatas.

O Cristo cruza a perna sobre o madeiro
e abençoa rosas vermelhas para os aflitos.

Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 46:7.
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 09/09/2005
Reeditado em 25/09/2005
Código do texto: T49148
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:10)
Joaquim Moncks