Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conjugando "você"

Rosa Pena



Seu rosto era um Indicativo.
Percebi você ausente
no momento Presente.

Lembrei do meu crédito
ainda ontem no Pretérito.

Da luz que emanava no escuro
fazendo-me sonhar com o Futuro.

Sempre Perfeito
no amor não se põe defeito
sublima-se o Imperfeito.

Era meu rei impulsivo
sempre Imperativo
amor Afirmativo
jamais foi Negativo.

Instintivo
nas formas do Subjuntivo.

Agora no atual
tenta ser Impessoal.

Não quero conjugar
Particípio Passado
nego o termo amado.

Prefiro o Gerúndio
sempre amando.

Nada é definitivo
amar é Infinitivo. 


2001




Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 22/02/2005
Reeditado em 22/10/2008
Código do texto: T4926
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1417233 leituras)
48 áudios (24765 audições)
33 e-livros (29000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:34)
Rosa Pena

Site do Escritor