Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILÊNCIO DE ÁGUA E FLOR



Havia cumplicidade na flor e na água
A flor divagava em seu pranto de dor
A água sorria à vida, mesmo triste
Pariam versos coloridos, gestados
No ventre doce da poesia que delas emanava
A estiagem chegou ao templo, calou a voz
A flor despetalou-se...naufragou no tempo...
A água seguiu viagem num além distante
A poesia clama a cada instante
Buscando as antigas inspirações
O tempo urge, mas é efêmero
O certo é um duvidoso adeus
Sem palavras ditas,
Marcado apenas no silêncio de água e flor
Havia um tempo no qual florescia o amor



 
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 22/02/2005
Código do texto: T4935

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (915542 leituras)
16 áudios (8875 audições)
311 e-livros (34050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 17:45)
Denise Severgnini