Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assim caminha a cidade

O som preenche o vazio
E distância-se do silêncio ameno.
O ronco dos motores
Quebra a cadência hamoniosa
Das notas suaves.
Passos apressados confundem-se
Com outros intercalados
Compassadamente num nítido
vai e vem frenético e desapercebidos.
Vozes navegam sobre o vento
Que a brisa leve teima,
Insiste em ecoar.
Assim a caminha a cidade.
Assim o sol despercebido
Apresenta sua formosura.
Assim a lua,
Sem se fazer notar, ilumina
Os enamorados com seus raios prateados.
Assim a urbes se faz
No corre-corre
Sem se notar.
Valter Queiroz
Enviado por Valter Queiroz em 12/09/2005
Código do texto: T49796
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Queiroz
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 41 anos
118 textos (4531 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:20)
Valter Queiroz