Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta Errante

Tudo que eu esperava
Parece não ter sentido agora
As cores das quais mais gostava
Não são as mesmas de outrora.

Por isso partirei para o exílio
dos meus pensamentos nesta hora
Para compreender que existe brio
Quando se olha o que está la fora.

Saudades da realidade que um dia foi
Na presença daquilo que já existiu
Até o momento em que você partiu.

E tudo que sinto neste instante
Parece perder todo o sentido
Vejo agora como ando errante
E carrego um coração partido.
Brenda Marques Pena
Enviado por Brenda Marques Pena em 23/02/2005
Código do texto: T4985
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brenda Marques Pena
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
266 textos (18081 leituras)
2 áudios (268 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:49)
Brenda Marques Pena