Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fui jogar flores no mar...

Fui jogar flores no mar
No vaso ficou melhor
Tirei miçangas da guarnição
Punhado de areia ao ar

Guardei as miçangas de novo
Aquele colar volta para trás
Deixei as velas para o jantar
E a areia tirei com água

Vi a estrela que partia
Vi teu nome entre espumas
Do céu nada mais vi
O cheiro vinha da lembrança

Virei num pé caminho hirto
Da estampa rodada velame
Ibéricas lastimam o vento do norte
A porta se abre esmera bagunça

Ilhado resisto resistindo vivo
Sombras que me olham
Diante da noite o brilho se sente
Teu corpo nu adoravél fremente

Ilusão que me passa latino
Do mar revolto espumas cálidas
O corpo molhado na espera
Um vela me mostra tua chegada

Mercante é o amor que volta solitário!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 12/09/2005
Código do texto: T49941
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:42)
Peixão