Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor de Gaveta

Num canto a palavra guarda
A poesia das línguas várias,
São de admirados poetas que li
De momentos passados... mas
Em uma folha amarela de caderno
Uma poesia de um autor não renomado,
Engraçado... reli
Em poucas linhas reconheci,
Minha letra desenhada
Poucos versos mas com velho traço,
Do amor que canto até hoje,
Recuperei os versos e refiz
Com amor de verdade que suspiro aqui,
Meus versos não são velhos
Falam de amor e se recuperam,
São palavras de gaveta fechada,
Mas são de amor que abrem
qualquer dia ... qualquer ano
Com vento soprando um coração.

Pupila
Enviado por Pupila em 23/02/2005
Código do texto: T4997
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
653 textos (20930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 19:18)
Pupila