Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0115 - Fale-me dela



Sou o silêncio da minha loucura,
toda ela da paixão que sinto,
uma barata variação de amante,
tornei-me mutante, um todo que não conheço.

Meu corpo se perdeu da alma,
fiquei indócil,
as palavras foram da mente,
sou breve nos carinhos, nos quereres.

Deixe que eu vá por qualquer caminho,
não me procure por enquanto,
gosto deste abandono, de me sentir isolado,
fui amado, fui segredo, hoje... solitário.

Não me falem de amor, não agora,
deixe que meu coração esfrie,
ainda ferve de paixão, fale dela,
fale do amor perdido ou cale-se para sempre.

04/01/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 24/02/2005
Código do texto: T5058
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116061 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 12:22)
Caio Lucas