Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0129 - Saudades...



Não me perdi, não fui perdido,
a saudade que me incomoda,
não sou de ninguém,
ninguém é meu,
fica apenas a saudade...

Amei aquela que me amou,
disse-me assim milhares de vezes,
ou uma só,
entendo e ouvi, ouço a toda hora,
te amo, te amo, te amo...

Para viver meu amor...
viver não tem fórmula,
tem pedaços que sofremos,
outros nos fazem sofrer,
na maioria é amor, amor é assim, de tudo...

Então fica a saudade do que passou,
não precisa tempo, minutos apenas,
assim que é meu amor, teu amor, nosso,
enquanto não passar, fica teu meu amor,
fica meu teu amor, até quando... saudades...

12/01/2005

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 24/02/2005
Código do texto: T5075
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:49)
Caio Lucas