Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apocalíptica.



Agora enfezei
irei gritar.
Que se cale
quem quiser.
Vou versar tua boca
rasgar tuas vestes
em desespero de amar
possuir teus olhares
e possuída conhecer-te
sentir o bom da vida
me esbaldar em teu pescoço
língua e dentes.
Ser teu mistério
E desvendar-te.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 16/09/2005
Código do texto: T51070
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:38)
Eliane Alcântara