Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RABISCOS

Meus rabiscos incomuns
Incompletos vigorosos
Decifrados e implícitos
Expresso a declarar.

Meus rabiscos quem diria
Minha história contaria.
Meu viver, meu faz de conta;
Em um livro escreveria.

Intricado noite e dia
Minha cria e canção
Meu real e fantasias
Meu ar livre de expressão.

Meus rabiscos, meus dilemas;
Por dentro da imaginação
De amar uma morena
Na boleia de um camião.

Tão incerto é o futuro
Enérgico como vulcão.
Adepto a fruto maduro
Feito assanhaço no mamão.

Rabisco de fim de feira
Patente à interrogação
Feito versos de poeta
Nas asas da solidão.
 

Escrito em 13 de março de 2015, por Orlando Oliveira.


ORLANDO S OLIVEIRA
Enviado por ORLANDO S OLIVEIRA em 17/03/2015
Código do texto: T5172645
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra. Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ORLANDO S OLIVEIRA
Aracaju - Sergipe - Brasil, 55 anos
822 textos (26618 leituras)
4 áudios (131 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/17 15:59)
ORLANDO S OLIVEIRA