Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Transa

Te olho,
No escuro do pranto
No canto do santo
Que pede pr’eu ficar.

Te beijo,
No espanto do manto
No tanto do encanto
Que jura eterno amor.

Te afago,
Na planta da rampa
Na tampa do pênis
Que acampa em meu corpo.

Te satisfaço,
Na voz que se agiganta
Na palma que te espalma
Que te penetra e se implanta.

Choramos após o enlace
Das pernas e dos braços
Das bocas e dos corpos
Dos olhos e das almas.
Horacio Xavier
Enviado por Horacio Xavier em 20/09/2005
Código do texto: T52198
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Horacio Xavier
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 53 anos
62 textos (1522 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:30)
Horacio Xavier