Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa Poesia II

A prosa perguntou à poesia:
Qual é o seu encanto?

Meu encanto é a harmonia
Dou vida às palavras
Dou também sentimentos
Ou nunca vistes um verso em pranto?

A poesia perguntou à prosa:
Qual é o seu segredo?

Meu segredo é a diversidade
Contar estórias mirabolantes
Cheias de humor, amor, drama
E sempre com novidade e criatividade.

A prosa disse à poesia:
Já li versos muito tristes
Sobre amores perdidos
E guerreiros derrotados.

A poesia disse à prosa:
Já li trechos muito assustadores
Sobre guerras entre países
E assassinatos sem motivos.

A prosa faz um acordo com a poesia:
Daqui em diante só contaremos histórias felizes
De amores possíveis, amizades duradouras
Nada de guerra, nada de morte – apenas alegria.

A poesia gostou da idéia, mas ponderou:

Seria ótimo se fosse assim
Mas nós fomos feitas para contar
A vitória e a derrota
O amor e o ódio
O justo e o injusto
Tudo aquilo que rodeia o ser humano
Ignorar isso seria um engano
Mas podemos contar esses fatos
Com sutileza dos meus versos
E com a cadência das suas linhas
Afinal somos prosa e poesia.

07/01/05
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 21/09/2005
Código do texto: T52377
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42683 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:08)
Miguel Rodrigues