Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Girassol de Van Gogh

O Girassol de Van Gogh

Nos defrontamos assim
Ele no seu grito lancinante
Eu no espanto emocionado
Van Gogh fixado em mim
Paralizada diante do quadro
Loucamente provocante

Avaliando a agonia das cores
Do girassol destroçado no chão
A lançar-me tintas e ironia
E aquelas profundas dores
Apontadas qual artilharia
Com assombros de premonição

Prevendo o combate iminente
Saquei de minha única defesa
E roubei-lhe uma fotografia
Captando a morrente beleza
Que se entregou placidamente
À amplidão de minha euforia

Senti então um rondar de vento
Talvez vinda da alma torturada
"Será ofensivo esse implorar de amor?"
Chegou-me intensa a solidão do tempo
E do gênio sugerindo na dor esmagada
Um olhar tal que lhe ouvisse o clamor

Desejei então beijar-lhe a ferida
Dar-lhe de mim uma noite a sós
Dizer da flor numa fração de vida
Revelar-lhe tantos segredos de nós
E no exato momento de minha partida
Deixar-lhe uma extensa radiografia

De certos, eternos campos de girassóis....

Claudia Gadini
24/09/05
Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 24/09/2005
Reeditado em 13/12/2008
Código do texto: T53454

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:33)
Claudia Gadini