Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anonimato

Máscaras sufocam a respiração
Entregue ao ócio, prendo os ossos
Em tolhidas verdades
Desveladas no correr do enredo.

Traços decoram meu rosto pálido
Rugas tecidas no tempo
Linhas tintas de lágrimas
Tímidas palavras, silêncios.

Minha cicatriz foge da identidade
Centrada no oco ventre
Em sangue desnudo
Perde-se em linhas desencontradas.

Desejo goza sensações impróprias
Deitar-se à singela entrega
Sem rostos, sem nomes
Anonimato de um orgasmo.
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 28/02/2005
Código do texto: T5364
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Sut
Curitiba - Paraná - Brasil, 46 anos
614 textos (783703 leituras)
2 áudios (1247 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 22:57)
Helena Sut

Site do Escritor