Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRENHEZ DE FOGO E BRAÇOS

Estamos perto da lareira.
O fogo do ventre é vermelho.
Os olhos são tudo,
uma tocha ardente
e mãos cegas.

Penetra-me!
Diz a voz do fogo
e seu púbis reclama.

A tocha! A tocha!
Arde a lareira
e seus pêlos.

Cospe! Cospe mais!
O centro do mundo gravita
grávido
prenhez de fogo e braços.

Bocas são pontas de aço
enquanto as labaredas
dançam.

Do livro O POÇO DAS ALMAS. Pelotas: ed. da Universidade Federal, 2000, p. 45.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/53912
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 26/09/2005
Reeditado em 26/02/2008
Código do texto: T53912
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:55)
Joaquim Moncks