Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sinfonia n.3 : torneira e tabaco

Cai as poucos, como gota
                        a
                         gota...
Cai lentamente, bem rente aos meus ouvidos,
Que quase duvidam que algo possa cair assim.
Mas não cessa,

E é belissimo que não venha a cessar.
Continue por favor a cair assim,
Me traga esse fervor,
Que as vezes acho, sumiu de mim.

Escuto, como escutaria um apaixonado,
Se escutasse a amada jurar-lhe amor.
Não,isso não é só um juvenil ardor,
Daqueles que passam,como tudo.

É musica pulsando no corpo,
Que é só amor e dor.
É delirio eminente,
Poesia lançada sozinha no escuro.

Correr nu pelas ruas gritando Rimbaud!Rimbaud!
Rim...
Os velhos homens de bem,
Me olham enviesados,espumam de raiva.
Com certeza falei algo de errado.

Tudo bem,vou embora fumar um cigarro.
daniel rodrigues
Enviado por daniel rodrigues em 26/09/2005
Código do texto: T54083
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
daniel rodrigues
Londrina - Paraná - Brasil, 33 anos
61 textos (2261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:42)