Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ALMA SENTE E FALA


 
A dor, as mágoas, as lembranças
nunca são esquecidas,
parecem fixar numa parede da mente
e por mais que não se queira sempre
vem os rastros e o cheiro do sangue
vertente e jorrando
trazendo uma dor incontida n'alma
e precisamos falar,gritar ao mundo
somos o agora e não o ontem
e lutarmos para deixar que cada
coisa fique em teu lugar,
mas mesmo assim
em certos momentos
impossível não sentir o que doeu na carne
na alma , no todo ser.
Ai lágrimas serenas descem
face.
Quentes e solitárias.
Lágrimas apenas
em uma madrugada chuvosa.
 E a alma se cala em pranto
e se despe em total nudez
somos o agora
lágrimas incontidas
apenas lágrimas.
 
zelisa camargo
19.02.05
01.11
 
ZEL
Enviado por ZEL em 01/03/2005
Código do texto: T5411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33940 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:33)
ZEL