Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAOS DO MEU CAMINHAR



 
Hoje busco meu caminho
e não sei em que estrada me perdi
em que caminhos caminhei
pra chegar onde me encontro.
Minhas pernas mutiladas
meus pés sangram
nem caminhar me é mais permitido
e lentamento vou desfiando
meus véus
e  procurando nos cantos de mim
e não me encontro mais
a não ser o que não mais sou
nem a canção tem mais som
as palavras perderam seu sentido
o amor dissipou do meu ser
e hoje um ambulante do tempo de nada ser
um fantoche representando vida
e o palco vazio de mim
de todos
apenas uma lágrima serena
desce face
que se perdeu todo o vinco
toda a vida
nessa vazio de mim
que nada sou
e nem caminhar mais sei
e hoje nesse calado de mim
me pergunto
onde esta o meu eu
em que mar foi se deitar
e adormecer
e me abandonou no
caos
 e no meu jeito de caminhar.
 
 
zelisa camargo
ZEL
Enviado por ZEL em 01/03/2005
Código do texto: T5418
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33908 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 05:25)
ZEL