Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTAR





 

 

 

o canto nasce

a dor propaga

a voz silencia

 

o homem canta

a dor que vive

a voz que não possui

 

é um cantar triste

uma voz muda

um grito de paz

um pedaço de amor

é um cantar inútil...

 

é uma voz sem vida.

é o homem que vive sem nada ser.

mas que canta sua vida e amor.

é o homem feito do nada que canta sua canção de amor infinito

 

cantar

canto do amor

canto da dor

canto de um mundo só

canto do nada que gera vida

 

cantar

a solidão que apavora os seres

o amor que rasga vida

 

cantar

pra não secarmos no nada em que fomos gerados.

 

ZEL
Enviado por ZEL em 01/03/2005
Código do texto: T5439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33908 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 17:18)
ZEL