Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEPOIS ... ( e entretanto)

e entretanto
novos tangos e valsas
e ...

              [ Depois ]

Depois do dia,
de muito dia,
veio a noite
e mais noite;

Depois da fúria
veio a loucura.
Tudo na volta da espiral
em que respiramos,
num pleno de ocuparmos
um espaço de ser gente,
e na perda da noção
entre ser ténue e ser em vão!

Depois do último tango,
a última valsa;
o sonho após a paixão.
E mesmo no fim
não se esgota o tempo
não se quebra a espiral.
Novos tangos e valsas.
Eventualmente,
[...]
uma pausa, quase acidental,
mas com um preço absurdo
entre irrisório e exorbitante.
...
Uma pausa em que cabe
o “porquê?” mas talvez
não caiba a resposta!

Depois do dia e da noite
só a dúvida:
E o resto?
Sei lá!
... e será que importa?
.
______________________LuMe
Luis Melo (www.lumelo.com)
Luis Melo
Enviado por Luis Melo em 30/09/2005
Código do texto: T55112
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Melo
Portugal, 59 anos
64 textos (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:55)
Luis Melo