Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Buraco branco

Você é a dona do escuro da noite
Tantos outros se ocupam das estrelas, lua
Postes, faróis, velas e luminárias
Mas você controla o porquê
De todos esses existirem

E se você controlasse também a luz do sol
Todos os que se ocupam das paredes, venezianas
cortinas, chapéus, telhas e pálpebras
Seriam escravos da condição
De você mandar em meio motivo da vida

Sua posição é assim muito segura
Nunca erra, nem será diferente algum dia
É tão dona de si mesma
Que faz com que reflitamos alguma maneira
De contrastar algo ao seu breu absoluto

E à noite não há luz que te apague
Nem vazio que se compare
À força do seu connhecimento
Do fato simples de que o sol morreu
E deixou você como dona do escuro que se seguiu...

 
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 02/10/2005
Reeditado em 03/10/2005
Código do texto: T55937
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:54)
Mar de Oliveira Campos