Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dúvida



Essa incerteza a corroer o espírito
Contaminando a essência da tranqüilidade
É dolorosa, infame sacrifício
Que assola a alma sem piedade

A indecisão é parceira da desconfiança
Entrelaçando duvida e receio
Numa funesta e dolorida aliança
Que perpetua tremendo anseio

Quando enfim, surge o desencanto
Consolida-se a desilusão
A dúvida se condensa em pranto
Encharcando de silencio o coração

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 03/03/2005
Código do texto: T5609
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214503 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 15:48)
Priscila de Loureiro Coelho