CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

" MULHER - DESPEITADA !"

Mulher que é Despeitada ,
Não é a sem peito não !
É aquela , com AZEDUME ,
E AMARGURADA,
Que está sempre sem HOMEM nas mãos!


Então, não tendo o que FAZER ,
Passa o dia TODO a vigiar ,
As que são mulheres ,
Bonitas e Inteligentes,
Porque ela sabe ,
Nunca à frente ,
De mulher alguma , passará!


Isto será PARA SEMPRE,
Em todo e qualquer lugar !
O AZEDUME dela é tão grande ,
Que, nem MÔSCA nela quer pousar ,
Porque até as MÔSCAS conhecem ,
Que NELA , nem a LARVA vingará!


Só vive de queixumes a fazer ,
Para chamar sobre ela , ATENÇÃO!
Pobre - Coitada ,
Vai ser tão DIFÍCIL isto acontecer ,
Mas , um conselho posso a ela DAR:
Pendure querida ,
Uma MELANCIA no pescoço,
Porque você vai acabar de enfeiar ,
Vai ficar mais AZÊDA e INVEJOSA ainda,
Mas , garanto , alvorôço vai causar !
MULHER DESPEITADA e FEIA,
Com MELANCIA a carregar,
Pára de VIGIAR a vida dos outros ,
E , vá PLANTAR BATATAS ,
Em outro DIGNÍSSIMO(ADVINHE!)LUGAR !


                            22/02/2005      15:47

GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Enviado por GRAÇA da PRAIA das FLECHAS em 03/03/2005
Código do texto: T5620

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (não a modificar em nada ,Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
538 textos (130991 leituras)
36 áudios (30675 audições)
1 e-livros (165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/14 07:42)