Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não há como escapar

Uns nascem para ser companhia
Outros para serem solidão
Uns nascem para ser boca
Outros para serem pão

Ele nasceu para ser lágrima
Ela para ser sorriso
A vida dele hoje é uma lástima
A dela um improviso

Uns nascem para ser lembrança
Outros para ser esquecimento
Uns são feitos de papel
Outros de cimento

Homens fazem sexo
Mulheres fazem amor
Eles em tudo procuram um nexo
Elas o motivo da dor

Uns nascem para falar
Outros para ouvir
Uns nascem para provocar
Outros para sentir

Ela só quer alguém
Que a proteja
Ele quer que ninguém
O veja

Uns nascem para ser fogo
Outros nascem para se queimar
Uns nascem para ser onda
Outros para ser mar

Todos nascemos para chorar
Ou para sorrir
Todas vamos sempre dizer a verdade
Ou mentir
 
Não há como escapar

Andre Luis Aquino
Enviado por Andre Luis Aquino em 04/03/2005
Código do texto: T5642
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andre Luis Aquino
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 42 anos
132 textos (2664 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:33)
Andre Luis Aquino