Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRAS DE UM VELHO LOBO



 
 
VAMOS A LUTA, NÃO PODEMOS NOS CALAR E NEM PARARMOS.
 
QUE OS VENTOS SUL VENHAM A NOS ACALENTAR E NOS FORTALECER.
QUE A LUZ DO LESTE NOS ILUMINE PARA QUE NOSSOS PASSOS SEJAM SEGUROS.
QUE A SABEDORIA DO OESTE  NOS ENSINE COMO COMANDAR NOSSOS ATOS.
QUE O SOL MAIOR DO NORTE VENHA COM TODA SUA ENERGIA DANDO NOS CORAGEM PARA NUNCA PARARMOS NO MEIO DO CAMINHO E IRMOS ATÉ O FIM.
QUE OS LOBOS DAS MONTANHAS DESÇAM PARA DANÇAR A DANÇA DA VIDA E NOS PROTEGER.
QUE TODA TRIBO SE UNAM  DIANTE UMA SÓ FOGUEIRA PARA QUE NOSSA VITÓRIA SEJA MAIS RÁPIDA.
QUE A MÃE TERRA NOS TRAGA A FORÇA DE QUE NECESSITAMOS A CADA AMANHECER.
QUE O RAIAR DO SOL CLAREIE A CONSCIÊNCIA DE CADA UM SER DESSE PLANETA.
UNIDOS SOMOS E SEMPRE SEREMOS.
SOMOS DA MATA, DA NATUREZA, MAS ESTAMOS EM TODOS OS LUGARES EM QUE NECESSITE DE NOSSA FORÇA E AJUDA.
E HOJE AQUI  ESTOU PARA DIZER: UNAM-SE E LUTEM COM DIGNIDADE.
QUEBREM AS LANÇAS E VÃO A GUERRA CARREGANDO APENAS A LANÇA DA PAZ, DO AMOR, DA UNIÃO, DA COMPREENSÃO.
SEREMOS VENCEDORES SE UNIRMOS NOSSAS FORÇAS.
PALAVRAS DE UM VELHO LOBO QUE VIVE A CAMINHAR PELOS CAMINHOS DA VIDA.
 
LOBA DO CERRADO
 
 
 
 
ZEL
Enviado por ZEL em 04/03/2005
Código do texto: T5663
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33908 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 17:18)
ZEL