Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adormece a poesia

Derivam os meus olhos,
Nas linhas brancas da lauda.
A mente se faz cansada.
As pálpebras estão cerradas.
No travesseiro adormece a poesia,
Nessa interminável madrugada.
A inspiração perdeu-se na canção.
Nenhum verso, nenhuma rima,
Nenhuma frase a ser declamada
Somente o vazio escurecido das palavras.
A emoção deixou o meu coração à deriva
No imenso oceano morada da paixão.



Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 05/10/2005
Reeditado em 02/06/2007
Código do texto: T56883
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2887 textos (497210 leituras)
75 áudios (27399 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:45)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor