Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Garotos são só Garotos...nos viadutos de Sampa






Garotos cruzando o milênio
são como estilhaço de sonho sem alvo certo.
Em miragem, delírio de oásis
deitam o desejo na droga malhada
na esquina já surda de sons reciclados.
Traficam paixões que anseiam sublimar.

Garotos cruzando o milênio tecem o medo de sonhar
acordam juntando cacos pra compor um despertar.

Garotos cruzam bravamente o limiar
entre o esboço de um mundo antigo
e um futuro planeta azul flutuando sem fronteiras.
Comida fria pra alimentar desejo quente.
Comida pouca roubada pra sustentar fome de luz.

Garotos cruzando o milênio
iluminam a noite com uzis e metais.
Sub-luzes sub-mundos espirituais.

A pele sintética, o desejo virtual
sonha apenas um corpo macio com suor sal
sexo úmido táctil animal.

Que a chuva morna de um verão luminoso
molhe o corpo de uma manhã febril
já grávida de outros mundos
saturada de tempos inevitavelmente
                                   ..... absoluta.


                                     


                                   * Poema escrito bem na virada do milênio -  1999
Ana Valéria Sessa
Enviado por Ana Valéria Sessa em 05/03/2005
Reeditado em 20/03/2009
Código do texto: T5728

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Valéria Sessa
São Paulo - São Paulo - Brasil
113 textos (114101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 13:51)
Ana Valéria Sessa