Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriagada de amor!

Fecho meus olhos,

Sinto você.

Sua boca, seu hálito...

E o deserrolar de um longo beijo.

Lento sensual, transcendental!

Meus seios em tuas mãos.

Delírio, febre, fogo...

Tortura, tesão.

Você me fascina.

Me encaminha para o céu.

Toca meu corpo,

Como um músico, afinando o instrumento amado...

Desliza os dedos, tirando acordes, dos meus lábios.

Meu amante, meu mel.

Tua boca em minha boca,

Num beijo insinuado,

De encosta, recua...

Se esfrega se enrrosca,

Em meu corpo exitado, louco, apaixonado!

Você é um licor,

Que inalo o aroma.

Antecipando o sabor...

Verto-te até o fim!

Me desce a garganta.

Deixando-me assim.

Lânguida, entregue...leve!

Fecho meus olhos.

Sinto você.

Meu bem, meu mal.

Romance fatal.

Fadado ao sofre, ao sentir solidão.

Ao morrer sem querer, sem saber.

De gozo ou de dor,

Morrer de amor!

Observadora
Enviado por Observadora em 06/10/2005
Reeditado em 06/10/2005
Código do texto: T57326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:54)
Observadora