Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bomba-relógio


Amanhã estaremos aqui?
É uma pergunta tão simples
com uma resposta impossível...

E quem saberá?
A quem cabe saber o que virá?
Qual Nostradamus moderno apareceu
e descreveu o amanhã que ainda não veio?
Qual místico maluco previu ontem o hoje... e acertou?
A vida é um mistério insondável
e quanto mais nela se adentra
menos se sabe...
É a parte que nos cabe...
Nos cabe esperar para saber,
descobrir – mas será tarde!
É um gabarito depois da prova...

A vida é um presente – às vezes um saco
em que nos tenhamos embrulhado
e ninguém sabe o que há dentro...

A vida é uma bomba-relógio sem ponteiros e sem display...
A vida...
A vida eu não sei!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 08/10/2005
Código do texto: T57894
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:27)
Poeteiro