Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Virtutis et fides

Não bastasse a frustração real
e agora a virtual e executável
em virótica explosão de "zeros unos"
e sua insofismável cabala...
 
No transe virtual e coletivo
eu, virtuoso, adentro sem temores
e dos amores na fé mais fraca e dúbia
tão simplesmente sobrevivo!

Força incorpórea e inconcebida
eternamente transmudada
em jovens velhos, néscios cultos
no culto ao deus Zeros Unos
nas abluções cotidianas
perante o altar caseiro, iluminado:

Ó ser onisciente, dá-me a chave
do conhecimento do mundo!
Ensina-me a minha vida
agora medida e devassada
em kilobytes por segundo!
Virtutis et fides!
Viva o deus Zeros Uno
pela mão do qual eu virtualmente
uno minha mente ao mundo...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 09/10/2005
Código do texto: T58009
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:04)
Poeteiro