Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Paisagem do Meu Olhar

Nada me espera nesta manhã.
As palavras passeiam em silêncio
À sombra da desordem dos sentidos.
Todas as perguntas que não fiz
Tocam-me os olhares de poente.
Nas mãos, a impaciência do tempo
Contorce-se em pressa e solidão.
No sopro do pensamento,
Espreguiça-se uma lembrança qualquer.
Há dias em que a saudade
É um ruído noturno, acordando o sono.
É um reflexo de um rosto na penumbra,
Insone em interrogações e súplicas.
É a imagem incontida do desejo, do sonho
Que apenas banha-nos os olhos
Feito uma confissão de lágrimas silenciadas.


© Fernanda Guimarães
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 09/10/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T58034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64357 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:08)
Fernanda Guimarães