Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em sonho imerso


Por vinte vezes encetei-te um galanteio
mas a inspiração,
de outros ares ocupada,
quando me veio visitar o coração
meio sem dono,
chegou depois do sono...

O sono veio...
E em sonho imerso
fiz-te um verso inacabado...
Fui acordado
e o verso ficou pelo meio!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 10/10/2005
Código do texto: T58295
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10789 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:31)
Poeteiro