Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POEMA

O POEMA CHAMA DE DENTRO DA GAVETA:
VENHA ME ESCREVER!
DIGO A ELE QUE NÃO TENHO NADA EM MENTE
MAS ELE INSISTE,ATÉ ME CONVENCER
ENTÃO ACABO POR PARÍ-LO
SEM CARINHO E SEM AMOR
NASCIDO COMO QUE DE UM ESTUPRO
SEM NENHUM PLANEJAMENTO VOCABULAR
SEM REGISTRO OU BATIZADO
NASCIDO DE UM IMPULSO
COMO UM BICHO NO CIO
JOGADO NO MUNDO
SEM NINGUÉM PARA COMPREENDÊ-LO
PARA LHE DAR ATENÇÃO
CHEGANDO ATÉ A SER NEGADO

E EM DELÍRIO ABSURDO
CHEGO A IMAGINAR
O CADERNO NO PROGRAMA DO RATINHO
PEDINDO TESTE DE CALIGRÁFIA
PARA VER SE SOU O VERDADEIRO AUTOR
E NO FUTURO HÁ DE VIRAR BORDÃO;
POETA NÃO É QUEM FAZ O POEMA
MAS QUEM O CUIDA,CORRIGE,
PASSA A LIMPO ESTE É O POETA DO CORAÇÃO
MAIS IMPORTANTE QUE O BIOLÓGICO.

pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 10/10/2005
Código do texto: T58393
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:14)
pedro carmo