Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PESCA A DOR, PESCADOR

Deixo a dor de amor possuir
pois eu não posso ir
a nenhum outro lugar
que não seja ai
em seu colo entrelaçar
no balanço da rede
bolinando as ondas aleia...
Tomara haja santo por lá
para me acudir
e eu não me afogar,
"ou to nem ai!"
Abra a sua rede
para eu me lançar
e afundar nesse mar.
Mergulhe entre seio
“também acalento”
para o peito calar...
Pesca a dor de amor!
Remedia meu peito
com seu jeito sacana
faz a boca gemer
e o corpo falar...
No balanço da gente
desnudando esse azul
lambuzando no mel
até a rede cair
o céu desmoronar.

http://deveraspoesia.blogspot.com.br/
Vera Lúcia Bezerra
Enviado por Vera Lúcia Bezerra em 28/12/2016
Reeditado em 29/12/2016
Código do texto: T5865725
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lúcia Bezerra
Brasília - Distrito Federal - Brasil
149 textos (2688 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/17 02:18)
Vera Lúcia Bezerra