Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhã, Beija Flor

Tomarei aquela rua
Asa norte que me destroça!
Asa sul a minha angustia!
Até ela, meus lábios eram santos
depois dela não há sol ou lua.
Até ele, era apenas encanto
hoje saudade sua
para o meu azar ou sorte,
rascunhos da mulher infante.
A lembrança se levanta
atemporal e as horas
esnobando seus encantos!
Atordoando me agora
a sua imagem enamoro
Os feitos antigos do peito
A aflar a flor
Lhe aprazerá a dor de amor
com teu beijo, meu beija-flor?
Vera Lúcia Bezerra
Enviado por Vera Lúcia Bezerra em 29/01/2017
Reeditado em 31/01/2017
Código do texto: T5896838
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lúcia Bezerra
Brasília - Distrito Federal - Brasil
144 textos (2521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/07/17 03:41)
Vera Lúcia Bezerra