Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borboleta

Lilás borboleta
voando na sua
deixavas o lago
e ias pra rua

Viravas donzela
não eras mais ela
tiravas a roupa
da cor mais singela
vestias nova blusa
de cor amarela

Não voes menina
assim displicente
saindo assim nua
pareces indecente
mas sei que a vida
é da feliz borboleta
que voava contente
com a prata da lua

Estreito meu olhar
fitando o horizonte
abraço o mistério
ficavas mais longe

E assim borboleta
que virava mulher
que faço agora
sem rima, sem aço
sem nada na vida
sem troco, sem lida
sem ter a comida
com gosto de mel?
Rogério Viana
Enviado por Rogério Viana em 07/03/2005
Reeditado em 07/03/2005
Código do texto: T5913
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Viana
Curitiba - Paraná - Brasil, 68 anos
190 textos (43285 leituras)
2 e-livros (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:01)
Rogério Viana