Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desequilíbrio

O chão em que piso não é firme
É frágil e pode cair a qualquer hora
O céu que me ampara é rijo
É sufocante e pode me matar a qualquer hora.

O coração que me faz viver é bobo
Faz-me apaixonar intensamente
E nem sempre é correspondido.

A razão que me faz entender é cruel
Não deixa espaço para vacilos
Porém não é párea para o coração.
 
O chão tal qual o razão deve ser firme
Em qualquer circunstância
O firmamento tal qual o sentimento deve ter a leveza
Para não sufocar ninguém.

13/10/05
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 14/10/2005
Código do texto: T59473
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42646 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:44)
Miguel Rodrigues